"Monocrômica, anacrônica, atraente, arcaica Antonina, não amo-te ao meio, amo-te à maneira inteira."
Edson Negromonte.



sexta-feira, 22 de julho de 2011

ROUBO NO JEKITI

João Alberto "araponga"... liiiinddddo!
A bicicleta do nosso amigo João Alberto Fonseca foi roubada no Jekiti, enquanto o popular radialista tomava seu café matinal. Quem souber do paradeiro da 'magrela' (foto) receberá do próprio João Alberto uma gorda recompensa no valor R$ 1.500,00.
Qualquer informação favor postar neste blog ou na rádio Serra do Mar ou no Jekiti, com o proprietário.

 

24 comentários:

Edson de Araújo disse...

Ele que recuperar o dildo frenético de estimação que ganhou de Erasminho he he he

Luiz Pedro disse...

Essa bicicleta foi vista aqui pela banda de Sum Paulo, sendo conduzida pela Barbie que alegou que não a roubou apenas tomou emprestada e devolverá no dia de São Nunca. Tome tento João Alberto.

Oswaldinho disse...

fui eu!!! e o resgate e´ o cd que ele não achou para me dar!!!!

Edson de Araújo disse...

Diz a lenda, que naquele selim tinha um "fundo falso", por onde saia um rotundo periscópio que examinava as entranhas do nosso largo e profundo amigo.

Amigos do Jekiti disse...

Essa bicicleta ele ganhou do bom e velho Jorgito Gabriel.
Como disse o amigo 'chulé': o desespero em reaver a magrela é por conta da anatomia fálica do selim.

Anônimo disse...

Porra! que sacanagem com Zoa.
Na porta-bagagem da magrela dele sentou Juquinha e Mirto.

Anônimo disse...

Essa não foi de Jorgito, foi do ex Prefeito Leopoldino, pela cor é a que a ex Prefeita deu. O silencio vale uma Bicicleta.

Anônimo disse...

não há bicicreta que guente tanta banha. intorta as roda.

Anônimo disse...

O pior de tudo isto é o mocinho ainda usar rodinhas....

Anônimo disse...

Esse sumiço está cheirando a "FINE BLACK", aposto outra bicicleta.

Anônimo disse...

A minha desconfiança com ele, vem desde quando ele me convidava para jogar "botão" no porão do seu Nana.

Julinho de Adelaide

Anônimo disse...

com certeza ja deve estar no paraguai p/ ser vendida ...Horácio ctba ...obs: tinha seguro a bickezinha ??

Anônimo disse...

Segundo um amigo meu, que é detetive e andou investigando esse sumiço, ele encontrou uma pista importante e parece que o MELIANTE irá entregar a BIKE amanhã demanhã no Jekiti, ou deixar onde encontrou, vamos aguardar.

Anônimo disse...

Eu escutei que um certo candidato pegou a dita cuja para nas próximas eleições fazer um sorteio entre os seus eleitores, a coisa tá ficando feia para os candidatos.

Anônimo disse...

Pronto!!! Deu certo!!1 Fiquei famoso nessa do robo da bicicreta.!!! Issmo memo!!! Pra me farta do prijuizo, votem em mim que sô candidato a VEREADOR. mai já privino:- minha bandera é SOMBRA E ÁGUA FRESCA!!!
- ???
´Ué, tô errado??? Nada disso, qui elis qui tão lá só faiz isso!!!

JUBA disse...

RUY CASTRO

Beiço no mundo

RIO DE JANEIRO - A velha Hollywood (1915-1965) nos ensinou que tudo nos EUA era maior, melhor, mais limpo, justo, ético, honesto, adulto, moderno, eficiente e perfeito do que nos outros países. Também pudera -os americanos eram o povo mais bonito, forte, corajoso, engenhoso e talentoso do mundo. Onde mais as pessoas saíam cantando e dançando pelas ruas com naturalidade e ao som de uma enorme orquestra invisível?
E quem cavalgava melhor e tinha os cavalos mais velozes? O cowboy americano. Não havia índio ou mexicano que o capturasse, exceto à traição, coisa que, aliás, eles viviam fazendo (e de que o cowboy americano era incapaz). O mesmo se aplicava ao soldado americano em relação aos alemães e japoneses -quem era o mais heroico, o mais desprendido, o mais inteligente? E a Marinha americana? Quem tinha porta-aviões mais imponentes? Quem usava camisas de manga curta mais brancas? E quem mais tinha milhares de marinheiros que sabiam sapatear?
Nos filmes, víamos maravilhas que faziam parte do dia a dia dos americanos e de ninguém mais: cerveja em lata, barbeadores elétricos, cortadores de grama, trevos rodoviários (filmados de avião), edifícios de 90 andares e naves que iam à Lua e voltavam. E quem seria mais poderoso que o governo dos EUA, capaz de movimentar estruturas gigantescas para plantar um exército inteiro em território inimigo a 15 mil km e resgatar um espião a minutos de ser descoberto?
Todas essas eram benesses do poder e da riqueza. De repente, fico sabendo que o dinheiro no caixa do Tesouro americano vai acabar na terça-feira e que a Casa Branca, com uma dívida de US$ 14,3 trilhões, ameaça dar o beiço no mundo.
Inacreditável. Como pode o governo americano quebrar? Se acontecer, quem vai pagar a conta da lavanderia que mantinha as camisas tão brancas?

Anônimo disse...

si candidato pralguma cosa robô pra sorteio, já tá começando a fazê exercicio pro futuro cargo pulitico.

Anônimo disse...

Luiz, hoje Antonina acordou em festa, na parte da manhã, um grande foguetório, o povo pensava que era pelos novos cargos na Prefeitura: Nerval na Secretaria de Cultura, Marinho Secretário de Industria e Comércio, Jujuba no Meio Ambiente, e outros, mas tudo isso é Merda. Na verdade foi por causa da entrega da Bicicleta de João Alberto, foi encontrada na frente da Lotérica, a festa durou a manhã toda e o feliz proprietário da Bike pagou uma (Eu disse uma) Coca- Cola ao pessoal, mas tá bom o importante é a volta da Bike.

Anônimo disse...

a festa na prefeitura era porque tavam pensando que a bebeboração ia ser na MANGUAÇA BRABA. essa de coca cola esfriou a festa.

(onde já se viu tamanha desfeita!!! festa com coca cola....)

Anônimo disse...

Se a turma de baixo ganhar a eleição e João for animador de campanha deles, vão dar uma bike novinha pra ele.

Os adversários que se cuidem. Escutei na Boca Maldita de Antonina, todos sabem onde é, que um grupo de olho nas eleições do ano que vem está em formação, veja se confere: Gov. Beto Richa que quer ganhar as eleições em todo o litoral está reunindo um grupo de pessoas que detém o maior número de votos na cidade para vencer as eleições: Munira, Luiz Polaco, Roberto, Clio, Zé Luiz, Vanda, Marigel, Boaideiro, Pereirinha, João Domero, entre outros.

Anônimo disse...

Com essa merdarada toda aí de cima não faz 2000 votos.

Anônimo disse...

Contas da ex-prefeita Munira Peluso tem data marcada para julgamento.
As contas do exercício financeiro dos anos de 2001 e 2002 da gestão da ex-prefeita Munira Peluso (Mônica) serão julgadas pela Câmara Municipal de Antonina na sessão da próxima terça-feira (09/08). As contas já estão há um bom tempo para ser julgadas. Aliás passados mais de 6 anos do final de sua gestão, dos oito exercícios financeiros que administrou, Mônica teve analisado apenas um exercício financeiro pela Câmara, estando 7 ainda por julgar.

As contas dos dois exercícios estão sendo analisadas pela Comissão de Finanças da Casa desde o mês de Março e agora estrapolados os prazos para definição do parecer da Comissão, através de requerimento do vereador Jefferson Fonseca, marquei, através de competência que me cabe como Presidente da Câmara Municipal, o dia de julgamento das duas contas, que se dará no próximo dia 09/08 com início no horário regimental das seções ordinárias da Casa. Os dois exercícios tem opinião do Tribunal de Contas do Paraná, através de parecer prévio, de aprovação com ressalvas das contas. Esse entendimento pode ser seguido pelo plenário da edilidade ou pode ser modificado, aprovando as contas sem ressalvas ou reprovando as contas, porém, estas modificações necessitam ter quórum qualificado de deliberação, ou seja, dos 9 (nove) vereadores, ao menos 6 (seis) devem votar de forma diversa ao parecer do Tribunal de Contas.

Com certeza será uma sessão polêmica, pois nos bastidores já se percebe a divergência de pensamentos entre os vereadores e isso deve ser retratado em plenário na próxima terça-feira.

Anônimo disse...

Editor, com a notícia abaixo que publico, vai sobrar para o ex-mandatário de Antonina. O Ginásio Poliesportivo "contruído" em frente ao 29 de maio, foi através da verba do FNDE, porisso a dificuldade do atual mandatário mexer naquela "GAIOLA DAS LOUCAS" -como se referem áquela obra a atual administração - vai sobrar para o ex-prefeito, para a ex-comissão de licitação e até para a CMP da época.

----------------------------------
Vamos a notícia de hoje.

Foto do jornal O Presente

O ex-prefeito de Toledo, Derli Antônio Donin, foi condenado pelo Tribunal da 4ª Região a pagar multa civil de R$ 1 milhão além da perda dos direitos políticos por oito anos a contar da data da condenação, 21 de julho de 2011. Donin é acusado de comprar irregularmente merenda escolar com recursos específicos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) quando prefeito de Toledo. O valor da multa será revertido ao FNDE.

Na mesma sentença também foram condenados seis empresários de Toledo e duas empresas envolvidas. Juntos, devem pagar multa superior a R$ 3 milhões pelo envolvimento na mesma ação de improbidade denunciada pelo Ministério Público do Paraná em 2006. Além desta ação, o ex-prefeito de Toledo responde vários outros processos por supostas irregularidades praticadas durante a sua administração, no período de 1997 a 2004.

Julinho de Adelaide

Francisco Bicudo disse...

Quem diria... a vênus platinada acusou o golpe, teve de render-se aos ventos dos novos tempos e apressou-se em dar resposta a um texto que nasceu, cresceu, multiplicou-se e ganhou corpo e repercussão... na blogosfera! Claro, sem ufanismos, alcances e audiências continuam a ser gritantemente distintos, sem termos de comparação, com vantagem ainda enorme para a TV Globo. Mas foi-se o tempo do monopólio da verdade - e a gigante ardilosa do Jardim Botânico do Rio de Janeiro já não pode mais simplesmente ignorar o que se passa no andar de baixo, nesse mundinho virtual.

Para resgatar a linha do tempo: na sexta-feira, 05 de agosto, no blog "O Escrevinhador", o jornalista Rodrigo Vianna, que conhece as entranhas do dito jornalismo global, publicou um texto que citava uma fonte anônima da Globo que dizia ser cada vez mais insuportável trabalhar na emissora, por conta dos desmandos e das pressões, e revelava ainda que a ordem era bater firme no novo ministro da Defesa, Celso Amorim, que a vênus não suporta, para criar clima de instabilidade nas esferas militares.

O JEKITI NOS ANOS 60 - foto do amigo Eduardo Nascimento

O JEKITI NOS ANOS 60 - foto do amigo Eduardo Nascimento