"Monocrômica, anacrônica, atraente, arcaica Antonina, não amo-te ao meio, amo-te à maneira inteira."
Edson Negromonte.



sexta-feira, 12 de outubro de 2012

DE QUE LADO ESTOU


Tinha 10 anos de idade quando o governo militar arrochou de vez o regime de exceção. Foi também no ano de 1968 que pela primeira vez uma foto me chocou e desde então ela me persegue como uma fantasma que assombra os meus sonhos. 
Num tarde de verão meu pai chegara em casa, depois de um dia de trabalho, trazendo nas mãos um saco de pão, um pacote de manteiga marca “Olho” e a última edição da revista O Cruzeiro. Lembro-me bem. Estava em meu quarto e fui ao encontro do meu pai para saber se alguma guloseima havia trazido. Ao chegar à cozinha, meus pais conversando trivialidades, mas o que me chamou a atenção foi uma revista sobre a mesa. Na capa havia a imagem de um estudante morto, sobre uma mesa, velado por seus amigos e companheiros de luta. Movido pela minha curiosidade mórbida peguei a revista e fui para o meu quarto. Embora não tivesse a compreensão necessária, entendi, nas páginas que eu folheava, que a morte daquele estudante ocorrera por conta de um confronto com a polícia. Havia outras imagens violentas e eu, com apenas 10 anos de idade, tentava controlar a opressão em meu peito e regular meus batimentos cardíacos.
Meus pais, ainda na cozinha, seguiam suas trivialidades, enquanto eu dividia-me entre a foto opressiva e as figuras de cartoons que meu pai pintara na parede do meu quarto. Naquele momento em que me levaram alguma coisa minha, nada mais importava, exceto a dor da minha desesperança à busca de um refúgio.   
Os anos passaram e a imagem do estudante morto continuava dentro das minhas retinas. Na universidade, nas manifestações estudantis no pátio da Reitoria, toda vez que a Polícia do Exercito “baixava” eu preludiava a minha tragédia. Mas nada de grave me aconteceu, porque a indignação superou o medo, pois eu percebera, naqueles anos, de que maneira eu vingaria a morte daquele estudante.
Geralmente meus pais conversavam pouco sobre política, mas eu os instigava, porque precisava saber o que ocorrera naqueles tempos em que eu só me preocupava em jogar bola, brincar na rua e ir aos domingos na matinê do Cine Ópera. Um dia meu pai me falou sobre o Integralismo em Antonina e os detalhes de  perseguições contra alguns ditos "bagrinhos comunistas". Sem que hoje eu me espante, cada nome que ele me dizia vinha à minha mente as imagens dos "algozes" segurando o andor de Nossa Senhora e ostentando nas ruas e salões literários suas arrogâncias e empáfias. Não vou citar nomes e nem fatos, porque devo preservar suas memórias e, principalmente, respeitar os seus descendentes. Embora reconheça que devo anistiá-los, não posso e não devo esquecê-los para que eu entenda os motivos pelos quais nos tornamos uma sociedade tão conservadora.
Não se enfastiem porque não vou repetir o que tanto aponto neste blog sobre a nossa sina reacionária, mas também não vou furtar-me em apontar que há uma relação entre o que fomos e o que somos.
Para não deixar minhas memórias de lado e através delas exorcizar os fantasmas que me fustigam, eu não posso me recursar a mencionar a defesa que faço àqueles que lutaram, que foram torturados, presos e mortos pela ditadura. Hoje quando muitos vibram com a condenação de Genoíno e Dirceu, quero dizer-lhes que ambos se tornaram o instrumento da minha vingança contra aqueles que mataram o estudante, pelas suas lutas contra a ditadura e pela seus ideais libertários.A acusação imposta aos dois é o prova irrefutável de que este país ainda vive sobre o ranço de uma elite reacionária, segregacionista, cujo desejo é ter uma ideologia que governe para si ou no máximo para 20 milhões de moralistas hipócritas. Essa postura todos os dias vemos nos telejornais, nos "pasquins golpitas", no xenofobismo dos "limpinhos", no homofobismo dos "falsos profetas" e no ódio contra um nordestino, pobre e "analfabeto" que é o responsável por tornar esse país um lugar melhor para milhões de excluídos viverem.
Quero dizer-lhes que, embora eu respeite posições contrárias as minhas, há uma tentativa de golpe parecido com àquele que matou o estudante em 1968, que antes vociferava que Getúlio era um ladrão e que o PTB era um partido de gentalha. Coincidências a parte, vos digo que realmente não sei se a história vai se repetir. Só sei que aquela foto do estudante morto vai continuar me fustigando, como um eterno fantasma sobre os meus ombros. Se este é o preço que eu tenho que pagar, que seja, mas que pelo menos me sirva para eu não esquercer de que lado estou.

26 comentários:

Anônimo disse...

por favor publiquem a lista dos primeiros suplentes dos vereadores da citi...sou leigo e nao entendo como funciona o sistema, grato. sebastiao vasconcellos,

Anônimo disse...

Os mártires daqueles tempos já foram esquecidos, e o sangue pisoteado e vilipendiado pelos atuais "revolucionários" de vida boa. Até eu gostaria de ser revolucionário tendo à minha disposição um 'ford fusion' com motirista à disposição vinte e quatro horas por dia, hotel com diária de mil e quinhentos reais quando bem entendesse pra meus 'programinhas íntimos', prostitutas de fino trato.. (1.500,00 cada vez.... na boca do caixa do partido, passagem em jatinhos fretados ou primeira classe..... o sangue daqueles mártires foi o adubo da riqueza atual.... que delícia de vida o sangue daqueles mártires proporciona agora......

Anônimo disse...

Jekiti, não seja tonto. Cê tá do lado daqueles que "levam pau" todos os dias.
Tente parar de pagar imposto de renda sobre a merreca que Você ganha, tente.....
A Dilma e o Lula, governos petistas, te comem vivo.

Anônimo disse...

será que os vereadores da citi ganham tao bem assim ,a ponto de serem acusados de comprar o voto do eleitor? tem gente que nao sabe perder,tem candidato que nem reduto eleitoral tinha ,nao mora na citi,ganhar como ? credibilidade ,simpatia e carisma e semancol conta muito nessas horas...Horácio ctba

Anônimo disse...

blog sem a participaçao dos anonimos nao tem graça,o tutuca tbm liberou p nossaaa alegriaaa ! ,os blogs da citi estavam mortos sem credibilidade,concordo em nao postar comentarios maldosos , ofensivos e levianos ,e o Coxa nao vai cair e o Atletico nao vai subir ... Horácio ctba

Bacucu com Farinha disse...

Horacio, você existe?... a partir do momento que você começar a existir, começamos a conversar... veja a história de um antoninense que foi deputado e após.., foi prefeito de Maringá... veja o que ele fez pela cidade de Maringá...

...eu devo estar maluco em perder o meu tempo dando explicações ao Horácio de Curitiba...

Bacucu com Farinha disse...

Mais uma coisinha Horacio de Curitiba, reduto eleitoral ao que você se refere é o que? Saber quem está doente em Antonina e levar para o Angelina Caron cobrando pela consulta e exames que são de graça pelo SUS? Dar cestas básicas nas eleições? Fazer empréstimo no banco e distribuir R$ 50,00 por votos? Enganar o povo que vai fazer isso ou aquilo coisas que não competem ao cargo de vereador? Se foi para mim a sua colocação acima, antecipo, vá a merda!!! Qualquer coisa conversaremos cara-cara... por causa de hipocrisia como a sua é que Antonina está do jeito que está...

Henrique Dias disse...

Voltando ao post, me lembro quando na faculdade, o cara mais legal da sala sumiu. Depois de uma semana perguntei para os outros colegas, porque fulano não aparecia mais.Depois de muitas respostas evasivas, um colega me falou baixinho: " também êle pertencia a UPE". De outra feita, indo para S. Paulo ( mais no ano na data citada pelo) no meu velho fusca, fui parado num engarrafamento, próximo da divisa PR/SP. Depois de algum tempo os não habituais soldados do exercito começaram a liberar o trânsito sentido S. Paulo. Gritando como se todos civís fossem vagabundos, andem... andem ... não olhem para o lado.
Logo na frente duzias de corpos enfileirados no acostamento. Ai entendi tudo, foi o fim do grupo do Lamarca. Por isto sou de esquerda, não quero isto para meus netos.

Anônimo disse...

Politica,gosto e religiao nao se discute,p q no final tds acham que tem razão...

Anônimo disse...

PARA DONA REGINA DUARTE:

Eu também estou com medo. Com medo não, com um medão danado… E sabe por qual razão, dona Regina Duarte? Eu sou amigo do José Dirceu e do José Genoíno… Sou amigo dos chefes de quadrilha… E aí, como é que fica?
Já pensou se a Polícia Federal chega à minha casa e pergunta: Senhor Izaías Almada, o senhor disse aí num desses blogues sujos que o senhor é amigo do Dirceu e do Genoíno? E eu respondo: é verdade, além do que está escrito, não tenho como negar.
Como é que eu vou fazer para provar a minha inocência? E se a PF e o MP enviarem a investigação para o STF? Tô lascado… Eu deveria ter escolhido ser amigo do Duda Mendonça, seria bem mais interessante e eu não estaria com medo, pois ele foi absolvido e não tem nada a temer…
Embora eu tenha medo como a senhora, dona Regina Duarte (aliás, que maravilha de discurso na SIP, hein? Foi a senhora mesmo que o escreveu?), fiquei aqui pensando por qual motivo o STF condenou meus amigos e absolveu o Duda Mendonça… Não são todos da mesma laia? Não estão todos envolvidos com o tal “mensalão”?
Saiba que eu também estou um bocado chateado com o Zé Dirceu e o Zé Genoíno, pois sendo meus amigos e chefes de quadrilha, os dois botaram a mão numa grana danada e não me deram nem um centavo, nem para uma caipirinha? E não fica por aí não. Tenho alguns amigos em comum com os dois maiores corruptos do Brasil e fui perguntar a eles quantos eles tinham amealhado do servicinho dos quadrilheiros? Sabe quanto? Nada, dona Regina, nadinha… E eu fiquei pensando, grandes amigos esses, heim? Botam a mão na massa e depois se esquecem dos amigos. Devem ter ido gastar tudo lá na Europa, escondidinhos, se bobear com passaportes falsos.
Por tudo isso eu tenho medo. Sabe que fui preso da ditadura civil/militar de 64, dona Regina? Depois de ficar 25 meses vendo o sol nascer quadrado e de umas boas sessões de tortura, a Justiça, no caso o STM e não o STF, mandou me chamar em juízo e disse: “senhor Almada, o senhor vai ser solto hoje, mas é porque nós queremos, o seu advogado não tem nada com isso, ele não manda nada aqui..”
Izaías Almada é escritor, dramaturgo e roteirista cinematográfico, É autor, entre outros, dos livros “Teatro de Arena, uma estética de resistência”, da Boitempo Editorial e “Venezuela, povo e Forças Armadas”, Editora Caros Amigos.

Anônimo disse...

Esse assunto já deu cacho, DONAS MADALENAS CHORONAS. Lugar de vagabundo é na cadeia. Té quim fim me sinto vingado de ver salafrário ladrão, político de colarinho branco ACORDAR VENDO O SOL QUADRADO E TOMAR CAFÉ DE CANEQUINHA....

TOMARA QUE A MODA PEGUE, "INCRUSIVE" AKI NO REINO!!!!

Anônimo disse...

sempre tem românticos incuráveis que transferem a própria visão de mundo para o mundo de Brasília, "... só porque lá estão agora aboletados no poder os esquerdistas históricos....", convenientemente "esquecidos" dos mártires do passado. Fiquem sabendo, senhores torturados que os governos civis "melhoraram" e o PT "extrapolou de uma vez" a pílula dos militares:- BRASILIA É UMA GRANDE ESBÓRNEA!!! DIFICIL DE VIVER PARA O POVO E UM VERDADEIRO PARAISO DE ALLAH PARA OS POLÍTICOS!!! (dinheiro à vontade, palácios, banquetes, festas das mil e uma noites e muitas lindas mulheres, quantas se quiser, todos, todos os dias) -
(ah, pra ninguém dizer que tenho preconceito:- para os gays, vulgo viados, "... belos e musculosos garotões....)
- Ideal????
- Povo ????
- Ética????
- KKKKKK!!!kkkkk!!!!
(exceção à Dilma que "faz de conta que não vê a farra" e parece realmente se interessar pelo povo)

Anônimo disse...

É "seu Horácio" tem vereador velho de guerra que compra voto, sim. Todo mundo sabe disso... Se ninguém denuncia, não sou eu que vou mecher nesse vespeiro, que o cara é "pirigoso"

Anônimo disse...

pois é...o pai pergunta para o filho de 5 anos:- o que vc quer ser quando crescer ? resp.- quero ser soldado.o pai diz preocupado;- soldado nao filho,é perigoso,o soldado inimigo pode matar vc. o filho responde ;- mas eu quero ser soldado inimigo ,pai.

Anônimo disse...

pois é ...16.142 eleitores,tinha bastante votos na parada,quem nao soube conquista-los é p q nao tinha a confiança do povo...nao adianta chorar as pitangas agora ,trabalhe forte para ter credibilidade e conquistar a confiança do povo,nulos e brancos total de 449 votos ,dava p eleger uma candidata,vcs mulheres nao votam em mulher... p q ?

Bacucu com Farinha disse...

O anônimo das 21:30 comentou no idioma Bengalês, entretanto traduzirei para o guarapirocabanês...

pois é ...16.142 eleitores (90% votam pela barriga),tinha bastante R$$$$$ votos na parada,quem não soube conquista-los (Conquista-los = Comprar votos) é p q não tinha o (R$$$$$) para o povo...não adianta chorar as pitangas agora ,trabalhe forte (comece a guardar os R$$$$$) para ter credibilidade (Credibilidade = Cestas Básicas) e conquistar (Conquistar = Luz, Água, Gás) a confiança (Confiança = Levar doentes para o Angelina Caron e cobrar pela consulta.., sendo que esta é de graça pelo SUS) do povo, nulos (alguns que não se vendem) e brancos (alguns que não se corrompem) total de 449 votos (pessoas que poderiam ajudar a colocar um bom candidato na CMA) ,dava p eleger uma candidata,vcs mulheres não votam em mulher... p q?

Anônimo disse...

pois é... so acrescentando esses 90% que votam pela barriga nao tem acesso a internet e informação,por isso nao conhecem o seu trabalho,eu ja morei em Antonina e sei como pensa o povo,e voltando a pergunta p q as mulheres nao elegeram mais representantes,depois querem direitos iguais e bla.bla...a gleise perdeu aqui p o beto em 2010...e tem mais mulher que homem aqui e ai ?

Anônimo disse...

Ainda bem que nao foi eleito nenhum candidato do pt ,senao iriam dizer que ele comprou votos tbm...

Anônimo disse...

aqui em ctba os medicos nao querem trabalhar na rede publica ,recebem 750 a 800 reais por plantao de 12 horas,será que ai em Antonina vai ter medico p atender a populaçao ? cardiologista ,8 meses p agendar uma consulta,colocação de marca passo R$17.460.00 ( dezessete mil e quatrocentos e sessenta reais,no hosp vita em ctba,minha mae passou por tudo isso...e ai vai ser diferente ?

Anônimo disse...

por isso mesmo o pt não compra votos também não coloca ninguém
assino embaixo o que o bacucu falou
o povo ressucitou cara de relogio e zé ductra e manteve algumas velhas raposas essa camara precisava de pessoas serias para não deixar descambar tudo
coitada de antonina. da cidade por que o povo quero mais é que se dane

Anônimo disse...

se tudo que foi dito for provado e comprovado ,nas prox eleiçoes teremos um campeao de votos ,um paladino da justiça e moralização ,do contrario... palavras jogadas ao vento,boa sorte Antonina...

Anônimo disse...

tem um ditado indiano que diz : nas derrotas é que conhecemos o verdadeiro carater de um homem...

Amigos do Jekiti disse...

Conheço algumas pessoas que defendem a ditadura como um marco da moralidade e do civismo.
O Estado tem que proteger o cidadão, seja de que lado for, e ainda dar direito à ampla defesa se alguém cometeu delito.
Como houve um golpe contra as instituições democráticas do país, em 1964, como querem alguns exigir que os atos "terroristas" sejam enquadrados em lei? Como justificar as torturas e mortes, se foi o próprio regime que desrespeitou à constituição? O Estado é quem garante os direitos e deveres do cidadão, e o protetor em si mesmo.

Bacucu com Farinha disse...

...primeiro, vou responder ao anônimo das 11:48 hs...

..para ser um campeão de votos jamais um paladino da justiça será, pelo que já foi comprovado os meios são outros..., basta saber onde estão os doentes da cidade...

..já para o anônimo das 13:23 hs, como é que você vem falar de caráter se escondendo no anonimato?

Anônimo disse...

Pois é ...se os candidatos fossem tao desonestos e coisa e tal o eleitor corrupto aceitava o dinheiro e na hora H votava em outro mais confiavel ...como isso nao aconteceu é p q o eleitor foi fiel ao seu candidato,que p ele é o melhor ,p q convenhamos tinha cada candidato porcaria ...a maioria teve menos de 20 votos ...( 89 cand.)

Bacucu com Farinha disse...

A alienação do nosso povo leva a isso, ao medo, muitos dos políticos que compram votos pedem o número do titulo de eleitor e a seção ao qual vota..., com medo de alguma represália o alienado eleitor "DIGITA O NÚMERO E CONFIRMA"... é, cada um sabe onde a barriga ronca...

O JEKITI NOS ANOS 60 - foto do amigo Eduardo Nascimento

O JEKITI NOS ANOS 60 - foto do amigo Eduardo Nascimento